Meteorologia

22/12/2011 16:01

Bacharelado

É a ciência que estuda a atmosfera da Terra e seus fenômenos. Seu objetivo é o entendimento dos processos físicos e químicos que determinam o estado da atmosfera nas mais variadas escalas espaciais e temporais, desde a turbulência local até a circulação oceânica. O meteorologista atua na investigação, na pesquisa e na avaliação das condições atmosféricas. Ele estuda dados relativos a vento, chuva, insolação, temperatura e umidade do ar, para entender e prever o tempo nas diversas regiões do planeta. Esse especialista interpreta gráfi- cos, imagens de satélites e radares, utilizando mapas e programas específicos de computador. Sua atividade é fundamental para o setor rural, uma vez que o agricultor depende das condições climáticas para definir a época de plantio e colheita. Além disso, ele trabalha em empresas que prestam serviços de radiometeorologia e meteorologia ambiental.

O mercado de trabalho

O mercado para os meteorologistas continua crescendo, pois há carência de profissionais graduados. Eles trabalham principalmente com previsão do tempo, observando imagens de satélite e radares meteorológicos, e climatologia. Gradativamente, têm sido abertos centros regionais de previsão do tempo em todo o país, mas o número de formados ainda não dá conta de toda a demanda. Empresas privadas como a Climatempo e a Somar Meteorologia, de São Paulo, requisitam o profissional, que pode atuar também na área de ensino, em razão da abertura de novos cursos universitários. Os órgãos públicos, no entanto, são os que mais oferecem vagas. O Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cepetec), a Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), por exemplo, são tradicionais empregadores. "Embora ainda sejam poucos os profissionais formados em Meteorologia, muitos desses institutos de pesquisa ainda exigem pós-graduação", afirma Adalgiza Fornaro, coordenadora da gradua ção da USP. Quem tem conhecimentos de meteorologia ambiental também encontra perspectivas animadoras em instituições que operam nesse setor, como as secretarias estaduais e municipais de Meio Ambiente. Rádios e canais de televisão abrem vagas para o profissional nos boletins de informação e previsão do tempo, mas esse nicho de mercado ainda é restrito. Em razão da forte base de computação e modelagem dada pelo curso, os egressos encontram vagas também em empresas do mercado financeiro, para trabalhar com simulações para tomadas de decisão.

Salário inicial: R$ 3.060,00 (6 horas diárias; fonte: Crea-SP).

O curso

Os dois primeiros anos são voltados para as matérias básicas, e, por isso, você pode esperar muitos cálculos em aulas de física e matemática. As disciplinas específicas incluem meteorologia física, climatologia, micrometeorologia, agrometeorologia e sensoriamento remoto. Há muita atividade em laboratórios, nos quais o aluno desenvolve um intenso treinamento em técnicas modernas de previsão do tempo e se familiariza com radares, satélites e sensores meteorológicos. A realização de estágio e a apresentação de um trabalho de conclusão de curso são obrigatórias.

Duração média: quatro anos.

Outro nome: Ciên. Atmosféricas.

O que você pode fazer

Agrometeorologia

Elaborar boletins do tempo para empresas e produtores rurais, definindo a época mais adequada para o plantio e a colheita de safras agrícolas.

Área operacional

Estudar as condições climáticas para orientar o tráfego aéreo e marítimo.

Biometeorologia

Pesquisar a relação entre a vida animal e vegetal e a atmosfera, para prevenir e reduzir alterações climáticas, como o efeito estufa e o aquecimento global.

Climatologia

Analisar imagens de satélites e construir modelos numéricos em computadores para determinar as condições de tempo e prever o clima.

Hidrometeorologia

Estudar o regime das águas das chuvas e dos rios para prevenir enchentes. Assessorar construtoras e órgãos públicos.

Instrumentação meteorológica

Projetar, construir e operar equipamentos empregados na meteorologia.

Meteorologia ambiental

Estudar a poluição atmosférica e as condições climáticas em que os poluentes se concentram e se dispersam.

Previsão do tempo

Fazer a previsão do tempo para jornais, programas de rádio e de TV e websites.

Radiometeorologia

Estudar as influências meteorológicas na área de telecomunicações para evitar interferências na transmissão e na captação de ondas.

 


Professora: Adriana Oliveira / Desing: Vinícius Delfino