Geologia

22/12/2011 16:25

Bacharelado

É a ciência que estuda a origem, a formação, a estrutura e a composição da crosta terrestre, além das alterações sofridas por ela no decorrer do tempo. O geólogo investiga a ação das forças naturais sobre o planeta e seus efeitos, como a erosão, a glaciação e a desertificação. Para isso, ele pesquisa e analisa fósseis e minerais e a topografia dos terrenos. Esse especialista classifica rochas ígneas, sedimentares e metamórficas, que ocorrem tanto na superfície terrestre quanto no subsolo e no fundo do mar. Também localiza e acompanha a exploração de jazidas de minério, depósitos subterrâneos de água e reservas de petróleo, carvão mineral e de gás natural. Faz parte de suas preocupações procurar evitar os danos que a exploração desses recursos possa causar ao meio ambiente. Esse profissional elabora relatórios de impacto ambiental e analisa o terreno antes da realização de grandes obras, como túneis, barragens, reservatórios, usinas, estradas, ferrovias, pontes e aterros.

O mercado de trabalho

O mercado de trabalho está bastante aquecido para o geólogo, não só pela descoberta de petróleo na camada do pré-sal, mas também por causa de obras que estão sendo realizadas no país. A Petrobras e outras empresas que vão explorar esse petróleo já estão contratando. Outro setor que volta a crescer é o de mineração. "Esse setor foi muito afetado pela crise econômica mundial, mas já está expandindo as atividades e recontratando. Temos notícias de vagas espalhadas por todas as regiões do país, mas destaco especialmente Goiás e Mato Grosso", diz João Carlos Dourado, coordenador do curso da Unesp de Rio Claro. Acordos do Brasil com outros países devem abrir oportunidade para que empresas brasileiras como a Companhia Vale do Rio Doce expandam suas operações. Empresas do setor público, como a Petrobras e a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, costumam abrir concursos para contratar esse profissional de Geologia. Ele também pode ser requisitado por laboratórios de pesquisa científica e tecnológica. Quem trabalha no campo da geologia ambiental pode encontrar chances de emprego nas prefeituras para fazer planejamento e análises de risco, a fim de evitar enchentes e deslizamentos de encostas. Empresas de todo o Brasil que fazem monitoramento para evitar vazamentos em postos de gasolina também costumam contratar o geólogo para elaborar análises técnicas. Ministérios públicos federais e estaduais começam a abrir vagas para o profissional em geologia forense - ele é contratado para fazer perícias baseadas nas técnicas da geologia e consegue descobrir, por exemplo, a origem de um carregamento de cerâmica contrabandeada com base na análise da argila. Ou, ainda, pode ser chamado para analisar vestígios de barro em cenas de crime para determinar de onde é o material. Prevê-se também crescimento na área acadêmica, com oportunidades como pesquisador em instituições de ensino superior. Para dar aula nos cursos superiores, é necessário fazer mestrado e doutorado.

Salário inicial: R$ 3.060,00 (6 horas diárias; fonte: Crea-SP).

O curso

Começa com matérias básicas, como química, matemática, física e biologia, mas já no primeiro ano o aluno tem atividades de campo para se familiarizar com os conteúdos próprios da Geologia. Em seguida, entram no currículo algumas disciplinas específicas, como petrografia (descrição e análise de rochas), sedimentologia e paleontologia. A partir do terceiro ano, a ênfase é dada à formação profissional, com aulas de geologia econômica, sensoriamento remoto, tratamento de minérios e geologia urbana, entre outras. Parte considerável da formação ocorre em aulas práticas extraclasse. Nos trabalhos de campo, o estudante faz mapeamentos e coleta material que será mais tarde analisado em laboratório. Em algumas escolas, exige-se, no último ano, um trabalho de conclusão de curso, que pode ser feito em campo ou em uma empresa, de acordo com o tema escolhido.

Duração média: cinco anos. Outro nome: Eng. Geológica.

O que você pode fazer

Engenharia geológica

Fazer o levantamento geológico e geotécnico de áreas para a construção de represas, túneis e estradas. Estudar a recuperação de áreas degradadas por atividades de mineração.

Geofísica

Pesquisar os fenômenos elétricos, térmicos, magnéticos, gravitacionais ou sísmicos do planeta.

Geologia ambiental

Planejar a ocupação de territórios e avaliar o risco geológico (erosões, enchentes e deslizamentos) a que essas regiões possam estar submetidas. Recuperar solos contaminados.

Geologia do petróleo

Localizar e explorar reservas petrolíferas e de gás natural, dentro da área de recursos energéticos.

Hidrogeologia

Descobrir depósitos de água subterrâneos e planejar sua exploração de forma a garantir a pureza das águas.

Mineração

Localizar jazidas e estudar a viabilidade econômica de sua exploração.

 


Professora: Adriana Oliveira / Desing: Vinícius Delfino