Milho Doce Inseticida

24/09/2011 12:32

Milho doce inseticida
Os cientistas modificaram geneticamente o milho doce para produzir um veneno que mata insetos nocivos. Isto significa que o agricultor já não necessita de combater os insetos com inseticida. O milho geneticamente modificado chama-se milho Bt, porque o novo gene da planta provém da bactéria Bacillus thuringiensis.

 

Vantagens:

  • O agricultor já não necessita de utilizar inseticida para matar os insetos. O ambiente circundante já não é, deste modo, exposto a grandes quantidades de inseticida nocivo.
  • O agricultor já não necessita de percorrer os campos com um pulverizador de produto tóxico, máscara e vestuário protetor.

Desvantagens:

  • Existe o risco de os insetos indesejáveis desenvolverem tolerância ao veneno ou, por outras palavras, se tornarem resistentes. O milho geneticamente modificado envenena os insetos durante um período mais longo em que o agricultor se limita a pulverizar a cultura uma ou duas vezes. Deste modo, os insetos podem habituar-se ao veneno, e, se isso acontecer, tanto a pulverização como a utilização de milho Bt geneticamente modificado se tornam ineficazes.
  • Existe o risco de se matarem outros insetos para além dos indesejáveis, como os insetos predadores que se alimentam dos insetos nocivos. Nos EUA, país que utiliza muito o milho Bt, existe um intenso debate dos seus efeitos nocivos sobre a bela borboleta Monarca.

O algodão e as batatas são outros exemplos de plantas geneticamente modificadas pelos cientistas para produzirem inseticida.

Mylena Marques 3°m¹ 


Professora: Adriana Oliveira / Desing: Vinícius Delfino