Colza resistente aos pesticidas

24/09/2011 12:38

Os cientistas transferiram para a planta da colza (colza ou couve-nabiça (Brassica napus) é uma planta de cujas sementes se extrai o azeite de colza, utilizado também na produção de biodiesel. As folhas da planta servem também de forragem para o gado por seu alto conteúdo em lipídios e conteúdo médio em proteínas.)um gene que lhe permite resistir a um certo pesticida. O gene é retirado de uma bactéria com capacidade de resistir aos pesticidas. Quando o agricultor pulveriza a cultura de colza com pesticidas, pode destruir a maior parte das pestes sem modificar as plantas de colza geneticamente modificadas.

Vantagens:

  • O agricultor pode ter uma colheita maior porque é mais fácil combater as pestes.
  • Em alguns casos, o agricultor pode utilizar um pesticida mais compatível com o ambiente.
  • O agricultor poderá igualmente proteger o ambiente utilizando menos pesticida.

Desvantagens:

  • Os genes da cultura de colza geneticamente modificada podem ser transferidos para as pestes. As pestes poderão tornar-se resistentes ao pesticida e a pulverização tornar-se inútil.
  • A colza pode polinizar as ervas daninhas - por exemplo, o navew, que se encontra nos campos de colza. Quando a colza poliniza, os seus genes são transferidos para o navew. Esta adquire então resistência aos pesticidas.

Milho, feijão de soja e cana do açúcar são outros exemplos de plantas geneticamente modificadas pelos cientistas para tolerar a pulverização de pesticida.

 

Trabalho da aluna: Dandára Dias

SÉRIE:3°M¹

Professora: Adriana Oliveira / Desing: Vinícius Delfino